Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

12/06/2018 - 08h51

Audiência avalia aplicação de lei que pune mensagens de conteúdo misógino na internet

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados discute hoje a aplicação da lei que permite à Polícia Federal investigar a divulgação pela internet de conteúdo que incentive o ódio contra as mulheres (Lei Lola – 13.642/18).

“Os números de mulheres que sofrem ataques dessa natureza são assustadores. Somente entre 2015 e 2017, foram contabilizados 127 suicídios por crimes na internet contra a honra”, afirma a 1ª vice-presidente da comissão, deputada Luizianne Lins (PT-CE), que propôs a realização do debate.

Foram convidadas para discutir o assunto:
- a autora do blog "Escreva Lola Escreva", Lola Aronovi, que foi alvo de uma campanha cibernética difamatória e perseguição física sem que os criminosos tenham sido descobertos e inspirou a criação da lei;
- a coordenadora de Serviço de orientação para meninas e mulheres que sofreram violência na Internet, da ONG SaferNet Brasil, Juliana Cunha; e
- a representante do Observatório do Direito a Comunicação Intervozes, Bia Barbosa.

Confira a lista completa dos convidados.

Participação popular

A audiência será realizada a partir das 14h30, no plenário 11. Os interessados poderão participar enviando perguntas, críticas e sugestões para o portal e-Democracia, no banner abaixo.

Da Redação

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'