Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto
Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Direitos Humanos > CPI do Tráfico de Pessoas promove audiências no Pará e no Amapá
26/08/2013 - 18h25

CPI do Tráfico de Pessoas promove audiências no Pará e no Amapá

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas no Brasil promove nesta semana duas audiências públicas externas, uma em Belém (PA) e outra em Oiapoque (AP). Integrantes da comissão vão ouvir autoridades das áreas de segurança pública e direitos humanos e representantes de organizações não governamentais. O objetivo é investigar as rotas de tráfico de pessoas nesses locais.

O presidente da CPI é o deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA). A relatora é a deputada Flávia Morais (PDT-GO).

Belém
A audiência em Belém será realizada na quinta-feira (29), a partir das 9 horas, na Assembleia Legislativa do Pará. Foram convidados:
- o secretário estadual de Segurança Pública, Luiz Fernandes Rocha;
- o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, José Acreano Brasil Júnior;
- o procurador-geral de Justiça do Pará, Marcos Antônio Ferreira das Neves;
- a presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, Luzia Nadja Guimarães Nascimento;
- o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará, Carlos Bordalo;
- o superintendente regional da Polícia Federal, Valdson José Rabelo;
- a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maria de Nazaré Sá de Oliveira;
- o coordenador-geral dos Conselhos Tutelares de Belém, Fábio Paixão;
- a coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado do Pará, Leila Maria dos Santos Silva;
- o delegado-geral da Polícia Civil do Pará, Rilmar Firmino de Sousa;
- o deputado estadual Márcio Miranda;
- o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - Seccional Pará, Jarbas Vasconcelos;
- o presidente da Regional Norte 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces;
- a delegada Simone Edoron Machado Araújo, da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis;
- a coordenadora da Comissão de Justiça e Paz da Regional Norte 2 da CNBB, irmã Henriqueta Cavalcante;
- a diretora da ONG Só Direitos, Andreza Smith;
- o pesquisador Marcel Hazeu, membro da ONG Só Direitos;
- a coordenadora-geral do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente, Ana Celina Bentes Hamoy;
- a coordenadora de Projetos do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente, Alessandra Cordovil da Luz;
- o presidente da Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos, Marco Apolo Santana Leão;
- a responsável pelo Grupo de Mulheres Brasileiras (GMB), Domingas de Paula Martins Caldas.

Oiapoque
A audiência em Oaipoque está marcada para sexta-feira (30), às 9h30, na Associação dos Mototaxistas.

Foram convidados:
- o secretário estadual da Justiça e Segurança Pública, Marcos Roberto Marques da Silva;
- a procuradora-geral de Justiça do Amapá, Ivana Lúcia Franco Cei;
- o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, Luiz Carlos Gomes dos Santos;
- o coordenador da Promotoria de Justiça de Oiapoque, Laércio Nunes Mendes;
- o superintendente regional da Polícia Federal do Amapá, Araquem Alencar Tavares de Lima;
- o delegado de Polícia Federal de Oiapoque, Everaldo Jorge Martins Eguchi;
- o delegado-geral da Polícia Civil do Amapá, Tito Guimarães Neto;
- o delegado de Polícia Civil de Oiapoque, Charles Correa;
- a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Amapá, Sandra Regina Smith Neves;
- o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Oiapoque, Maurício Brasil;
- um representante do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Amapá.

Da Redação/PT

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

Katiúscia S. P. do Amaral | 27/08/2013 - 10h53
A Secretaria de Segurança e o Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Amapá não foram convidados. Inclusive eu sou a Coordenadora do Núcleo e fiquei sabendo agora mesmo sobre essa audiência.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619