Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

06/04/2017 - 16h40

Frente parlamentar dos Correios busca saídas para evitar corte de benefícios

Rodrigo Bertoti / Câmara dos Deputados
Reunião Ordinária. Dep. Leonardo Monteiro (PT-MG)
Leonardo Monteiro: muitas vezes, a gente chega numa cidadezinha pequena que não tem uma agência bancária, mas tem um posto dos Correios

Desde 2015, funciona no Congresso Nacional a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Correios. A frente tem 201 deputados e cinco senadores e seu coordenador é o deputado Leonardo Monteiro (PT-MG).

Ele disse que a intenção do grupo é buscar saídas para a empresa que não passem pelo corte de benefícios dos funcionários. E fortalecer os Correios, que têm uma função social importante.

"A empresa chega em todos os cantos deste País. Muitas vezes, a gente chega numa cidadezinha pequena que não tem uma agência bancária, mas tem um posto dos Correios, onde funciona o correspondente bancário", disse.

O correspondente bancário é uma parceria entre os Correios e o Banco do Brasil, que funciona como a única agência bancária em 800 municípios.

Prorrogação
O serviço quase deixou de existir, segundo o presidente da empresa, Guilherme Campos. “Tínhamos que fazer a renovação do contrato em novembro, e simplesmente ninguém apresentou proposta. Com muita sensibilidade, o governo conseguiu a prorrogação do contrato com o Banco do Brasil por mais três anos, o que evitou um prejuízo de R$ 800 milhões.”

Reportagem – Antonio Vital
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'