Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

12/05/2016 - 12h00

Especialistas debatem uso de BlockChain e criptografia na Câmara

Divulgação
Banner - Parada hacker do Laboratório Hacker

O Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados realiza hoje, a partir das 15 horas, um debate com especialistas em BlockChain, tecnologia que promete total segurança para informações digitais.

Nesse evento, conhecido como Parada Hacker, os convidados vão discutir os possíveis benefícios para a proteção de dados da Câmara. Os cidadãos interessados no tema podem acompanhar pelo canal do LabHacker no YouTube e enviar comentários ou dúvidas para os especialistas.

O debate contará com a presença de Walker Alencar, consultor em projetos do Ministério do Planejamento e de empresas privadas, que trabalha na pesquisa com criptomoedas e o uso do BlockChain.

Também vão participar da discussão, via hangout, João Barguil, mestre em Computação com ênfase em criptografia e segurança da informação; e Jean Lucas Lima, programador e desenvolvedor que atualmente pesquisa aplicações do BlockChain em contabilidade e recursos públicos.

BitCoin
O BlockChain garante a integridade dos balanços do BitCoin, a moeda que nasceu na internet. O BitCoin é um modelo de dinheiro digital, cujo valor é determinado livremente pelo mercado. Para os usuários, é a forma de pagamento ideal em transações online, pois é rápida, barata e segura.

É essa segurança proporcionada à moeda digital que chama a atenção para as inúmeras possibilidades de uso do BlockChain em informações como documentos, vídeos e imagens, que não poderiam ser alterados ou manipulados.

Que tipo de informação da Câmara poderia ter sua autenticidade certificada com BlockChain? A Casa poderia adotar um fluxo de documentação 100% digital? A tecnologia garante autenticidade de emendas ao Orçamento? Os deputados passariam a assinar suas proposições digitalmente? Essas são algumas das perguntas a serem respondidas na quinta-feira.

Acompanhe e participe pelo YouTube

Da Redação - RCA
Com informações do LabHacker da Câmara dos Deputados

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'