Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

18/12/2014 - 18h27

Câmara divulga os vencedores do Hackathon de Gênero e Cidadania

Os autores dos dois projetos ganharão uma viagem para visitar a sede do Banco Mundial em Washington (EUA)

O Laboratório Hacker e a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados divulgaram os dois projetos vencedores do Hackathon de Gênero e Cidadania, realizado entre os dias 24 e 28 de novembro: "Minha voz" e "Dona Maria". 

A premiação das equipes que desenvolveram os aplicativos está prevista para março de 2015, durante as comemorações do Dia Internacional da Mulher. Os autores dos dois projetos ganharão uma viagem para visitar a sede do Banco Mundial em Washington (EUA).

Mosaico Hackaton maratona hacker

O programa "Minha Voz" foi selecionado entre oito propostas relacionadas ao tema "Violência Contra a Mulher". Além de mapear os serviços públicos disponíveis para vítimas de violência do sexo feminino, o aplicativo conta com espaços para depoimentos e incentivo a denúncias. Os autores são Salete Silva Farias, Daniela Silveira Rozados da Silva e Rafael Reis da Silva, com colaboração de Camila Lainetti.

Já o programa "Dona Maria" foi um dos 11 projetos ligados ao tema "Políticas de Gênero Relacionadas à Participação, Representatividade e Transparência". O aplicativo visa conscientizar a população sobre as desigualdades de gênero no processo eleitoral, inclusive no que diz respeito ao financiamento de campanhas, e promover uma rede de apoio a candidaturas femininas. Edmundo Matheus Santana, Isadora Forte Barros e Yves Henri Souto Maior Sales Bouckaert compõem a equipe que desenvolveu a solução.

Critérios
Organizado pelo Laboratório Hacker e pela Secretaria da Mulher, o Hackathon de Gênero e Cidadania teve 165 participantes inscritos e 75 propostas de aplicativos. Surpreendeu a participação feminina – exatamente metade dos 46 participantes selecionados era do sexo feminino.

Os 19 projetos apresentados ao final da maratona foram avaliados segundo os critérios estabelecidos no edital: interesse público, criatividade e qualidade técnica.

Todo o debate da comissão avaliadora dos projetos pode ser conferido na internet.

Da Redação - RCA

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'