Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

30/10/2018 - 10h20

Comissão de Orçamento retoma votações nesta terça

Com o fim das eleições, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) retoma as votações nesta semana. A comissão precisa analisar 32 projetos de lei do Congresso Nacional (PLNs) que modificam o Orçamento, alterando mais de R$ 22 bilhões em gastos, a serem remanejados. Esses projetos devem ser votados ainda neste ano, pois tratam do Orçamento de 2018.

Na reunião marcada para hoje, às 15 horas, no plenário 2, a pauta conta com cinco projetos prontos para votação. Um deles é o PLN 12/18, que abre crédito R$ 792 mil em doação internacional para a Autoridade Palestina restaurar a Basílica da Natividade, em Belém. Ele foi o último item da pauta da última reunião da CMO, suspensa no dia 17 de outubro.

Também devem ser analisados o PLN 16/18, que destina R$ 19,8 milhões para os edifícios-sede da Procuradoria do Trabalho em São Bernardo do Campo (SP) e em Campo Grande (MS); o PLN 11/18, que garante R$ 42,5 milhões para os Ministérios dos Transportes, da Aviação Civil e da Integração Nacional para, entre outras coisas, o término de obras no Porto de Vitória (ES) e de construção e pavimentação de terminal no Porto de Fortaleza (CE); e o PLN 19/18, que transfere R$ 65,5 milhões entre diversos órgãos e ministérios, sendo o maior montante (R$ 42,7 milhões) para manutenção de unidades básicas de saúde em diversos estados e cidades do País.

Há na pauta ainda o PLN 15/18, que abre crédito especial no valor de R$ 40,8 milhões em favor do Ministério da Justiça. O dinheiro será usado para viabilizar a construção de um complexo penitenciário federal em Itaquitinga, a cerca de 60 quilômetros de Recife (PE), no âmbito do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

Quarta-feira
A comissão também marcou reunião para esta quarta-feira (31). Entre os itens da pauta está o PLN 21/18, que destina cerca de R$ 180 milhões para programas do Ministério do Planejamento e o Ministério das Cidades. Pelo menos R$ 150 milhões são para os metrôs e trens urbanos operados pela Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. (Trensurb) e pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Já os PLNs 28/18, 44/18, 47/18 e 48/18, que tratam de mais de R$ 19 bilhões, ainda aguardam a designação de relatores.

Assista ao vivo

Da Redação - MB
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'