Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

11/07/2018 - 23h21

Relator diz que restrição a reajustes de servidores é essência da LDO

O relator da proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), senador Dalirio Beber (PSDB-SC), disse que a essência do texto é o dispositivo que proíbe a concessão de reajustes aos servidores e a criação de cargos no serviço público no próximo ano.

A intenção, segundo ele, é impedir que o novo governante eleito em outubro tenha de arcar com compromissos firmados na gestão anterior. “Não conhecemos quem será o próximo presidente da República, mas conhecemos o grau de dificuldades que ele terá de enfrentar, e esse ponto visa minimizar o tamanho dos problemas que o governo terá”, defendeu.

A proposta foi criticada pelo líder do PT, deputado Paulo Pimenta (RS), que avaliou o texto como uma antecipação de um debate que será feito durante o processo eleitoral. “A LDO vai impedir que candidatos à Presidência tenham a liberdade de apresentar a sua visão de Estado, traduzida também na política pública para os servidores”, criticou.

Mais informações a seguir