Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

08/06/2018 - 17h36

Sessão solene da Câmara comemora os 45 anos da Infraero

Najara Araújo/Câmara dos Deputados
Homenagem aos 45 Anos da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - Infraero
Plenário da Câmara dos Deputados realizou sessão solene em homenagem à Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária

Em homenagem ao 45 anos da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), comemorado no último dia 31 de maio, a Câmara dos Deputados realizou, nesta sexta-feira (8), sessão solene requerida pelo deputado Sebastião Oliveira (PR-PE) e pela deputada Erika Kokay (PT-DF).

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, encaminhou discurso em que destacou a importância do trabalho de cada um dos empregados da Infraero para o fortalecimento da integração nacional. “Nos últimos 45 anos, a Infraero protagonizou o desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária brasileira e, com certeza, ainda poderá contribuir muito mais no futuro, sobretudo concentrando-se em uma vocação de integração nacional.”

Maia ainda chamou atenção para o papel dos aeroportos das pequenas cidades brasileiras. “Em um território tão vasto quanto o do Brasil, alguns dos pequenos aeroportos cumprem importantíssima função, conectando povoações longínquas e de fronteira ao resto do País”, completou.

Segundo o deputado Sebastião Oliveira, a Infraero “é uma empresa que marcou gerações, que integrou o País, que diminuiu distâncias e que transportou milhões e milhares de cargas por todo o Brasil”. Para ele, o responsável pela verdadeira integração nacional é o serviço de aviação comercial e civil. “Em um país com uma dimensão continental que nós temos, só pode se falar em verdadeira integração nacional se for pela aviação comercial. Não dá para falar isso com rodovia ou ferrovia”, pontuou.

Desestatização
Na solenidade, a deputada Erika Kokay chamou atenção para a possibilidade de desestatização de alguns aeroportos. Ela acredita que a Infraero é fundamental para que o Brasil possa exercer a sua própria grandeza, por isso, segundo ela, não pode-se permitir que haja a intenção de colocar os aeroportos lucrativos no plano de desestatização.

“Estamos trabalhando na perspectiva de retirarmos os aeroportos do plano de desestatização para que nós possamos manter a Infraero com o fortalecimento que o Brasil precisa que ela tenha”, afirmou.

Infraero
A Infraero é uma empresa pública nacional e se encontra entre as três maiores operadoras aeroportuárias do mundo. Em operação desde 1973, a empresa está no comando de 54 aeroportos espalhados pelo Brasil.

Reportagem – Larissa Galli
Edição – Pierre Triboli

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'