Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

01/02/2018 - 11h15

Proposta proíbe privatização da Casa da Moeda

PEDRO UCZAI
O deputado Pedro Uczai quer evitar a privatização da Casa da Moeda

Está em análise na Câmara dos Deputados Proposta de Emenda à Constituição (PEC 390/17) que torna competência exclusiva da União a produção de moeda e passaporte no País.

Apresentada pelo deputado Pedro Uczai (PT-SC), a PEC também veda a terceirização, privatização ou concessão à iniciativa privada da produção de moeda e passaporte. Pelo texto, a competência para essas atividades será exercida exclusivamente pela Casa da Moeda, empresa pública vinculada ao Ministério da Fazenda.

Hoje a Constituição diz apenas que compete à União a emissão de moeda.

Uczai quer evitar, com a proposta, a privatização da produção de moeda no País. “A Casa da Moeda, empresa mais antiga do País, exerce um papel estratégico na defesa da soberania e segurança do Estado brasileiro”, disse.

O parlamentar rechaça o argumento apresentado pelo governo de Michel Temer, para justificar proposta de privatização já anunciada, de que a Casa Moeda não é mais rentável. “Os balanços financeiros da empresa mostram que a companhia foi lucrativa nos últimos anos”, afirmou.

Tramitação
A admissibilidade da proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, a PEC será votada por comissão especial constituída para este fim e em dois turnos pelo Plenário.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Lara Haje
Edição - Marcia Becker

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

CLEIDE NAGAMATSU | 11/12/2018 - 14h16
Uma empresa com 320 anos,patrimônio nacional,que só nos gera lucro e orgulho,porquê a privatização? Meu apoio é todo a favor da PEC 390, bem como a de todos os brasileiros que se prezam.
Sebastião Rodrigues | 11/12/2018 - 07h11
Todo apoio a pec 390 Não a privatização. A casa da moeda é do Brasil.
Edir Paes de Jesus | 10/12/2018 - 21h58
Que ideia maluca. Temos que agir o qto antes, para arquivar este projeto, está PEC. Que falta de respeito com a instituição Casa da moeda do Brasil - CMB.