Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Administração Pública > Projeto regulamenta aposentadoria aos 75 anos para todo o serviço público
16/09/2015 - 16h51

Projeto regulamenta aposentadoria aos 75 anos para todo o serviço público

A Câmara dos Deputados analisa a regulamentação da Emenda Constitucional 88/15, que ampliou a idade mínima da aposentadoria compulsória do serviço público dos 70 para 75 anos. Trata-se do Projeto de Lei Complementar 124/15, do senador José Serra (PSDB-SP).

De acordo com a proposta, a aposentadoria compulsória aos 75 anos será aplicada em todo o serviço público: servidores federais, estaduais, municipais e do Distrito Federal; juízes, desembargadores e ministros do Judiciário; procuradores e promotores do Ministério Público; defensores públicos; e ministros e conselheiros dos tribunais e conselhos de contas.

José Serra argumenta que a ampliação da aposentadoria compulsória a todo o setor público vai implicar grande economia nos cofres públicos. Segundo ele, só no âmbito federal a economia será de R$ 800 milhões e R$ 1,4 bilhão nos próximos 55 anos.

A emenda constitucional a ser regulamentada foi originada pela PEC da Aposentadoria Compulsória, também chamada de PEC da Bengala. A emenda determina a aposentadoria compulsória no serviço público aos 70 ou aos 75 anos, definidos em lei complementar. Até que a lei não seja aprovada, o aumento da idade já vale para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de tribunais superiores e do Tribunal de Contas da União (TCU).

Tramitação
A proposta depende de parecer das comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; Seguridade Social e Família; Finanças e Tributação; e Constituição e Justiça e de Cidadania. E ainda precisa do voto favorável de 257 deputados para ser aprovada em Plenário.

Íntegra da proposta:

Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Marcelo Oliveira

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



Comentários

jair Bittencourt de Oliveira | 02/12/2015 - 15h15
Não seria conveniente fazer um teste com a aquiescência do velhinho se ele aguentará do tranco. Um teste aos 71, aos 72 anos etc. Afinal estão lidando com idosos. Respeite o estatuto dos idosos e principalmente a sua opinião. Acrescente um artigo, onde seja prociciaria a opção do servidor. Não é?
jair Bittencourt de Oliveira | 02/12/2015 - 15h14
Não seria conveniente fazer um teste com a aquiescência do velhinho se ele aguentará do tranco. Um teste aos 71, aos 72 anos etc. Afinal estão lidando com idosos. Respeite o estatuto dos idosos e principalmente a sua opinião. Acrescente um artigo, onde seja prociciaria a opção do servidor. Não é?
Delfino Theilacker | 18/09/2015 - 16h41
Neusa, não seja pessimista. Parabéns ao Senado,parabéns à Câmara Federal. Ainda há justiça neste país. Se Deus quiser e com a boa vontade dos Excelentíssimos Deputados Federais nós servidores públicos com 70 anos poderemos trabalhar em paz pelo menos até os nossos 75 anos de idade. Viva o Brasil sempre com boas notícias como essa.
  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal