Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

13/07/2005 - 21h08

Conselho de Ética pede explicações a Roberto Jefferson

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), comunicou nesta quarta-feira que o deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) telefonou para ele e negou que tenha declarado que deputados do conselho recebiam mesada para votar em favor do governo e que, portanto, não teriam moral para julgá-lo. Izar informou que pediu a Jefferson que formalize seu desmentido por escrito e o envie ao conselho. Segundo Izar, Jefferson esclareceu não ter se referido genericamente a integrantes do conselho, mas apenas aos quatro deputados que mencionou: Valdemar Costa Neto (PL-SP), Pedro Henry (PP-MT), Carlos Rodrigues (PL-RJ) e Sandro Mabel (PL-GO).

Depoimentos
Ricardo Izar avisou que, na próxima quarta-feira (20), o conselho deverá ouvir a ex-mulher de Costa Neto, Maria Cristina Mendes de Almeida. Os deputados Valdemar Costa Neto e José Dirceu (PT-SP) também se colocaram à disposição para depor na primeira semana de agosto.
Amanhã, às 10 horas, o Conselho de Ética reúne-se com a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios para troca de informações.
Ricardo Izar disse ainda que já recebeu da Polícia Federal a agenda completa de Fernanda Somaggio, ex-secretária de Marcos Valério, acusado de ser operador do suposto esquema de pagamento de "mensalão" a parlamentares da base aliada do governo.

Reportagem - Luiz Claudio Pinheiro e Eduardo Tramarim
Edição - Noéli Nobre


(Reprodução autorizada mediante citação da Agência)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br
A Agência também utiliza material jornalístico produzido pela Rádio, Jornal e TV Câmara.


A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'