Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > Educação e Cultura > Artes marciais podem ser incluídas na grade curricular
Pesquisar
pesquisa avançada
Leia mais sobre
13/01/2009 - 14h00

Artes marciais podem ser incluídas na grade curricular

A Câmara analisa proposta que inclui a disciplina Artes Marciais e Defesa Pessoal na grade complementar do currículo dos ensinos fundamental e médio das escolas públicas. O Projeto de Lei 4254/08 define que a mudança deve respeitar o conteúdo programático, os níveis de cada ensino e série e a respectiva carga horária.

Autor do projeto, o deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) argumenta que as artes marciais cumprem papel fundamental ao preparar física e psicologicamente os cidadãos para o dia-a-dia e o enfrentamento de situações de risco e stress elevado. Ilderlei Cordeiro acrescenta que "existe uma profunda disciplina de conteúdo moral, ético e filosófico que sustenta as formas de defesa pessoal, centradas em movimentos e relacionadas com a paz interior, com a solução de conflitos e com o julgamento correto perante situações críticas".

De acordo com o deputado acreano, vários estudos já comprovaram a validade da prática de artes marciais, como a capoeira e o tai chi chuan, na formação física e na modelação de determinadas características pessoais. Ele destaca a superação de limites, o convívio em grupo e a capacidade de concentração como algumas características que podem acrescentar benefícios ao processo educativo.

Defesa pessoal
Além da introdução de valores importantes na formação dos alunos, Ilderlei Cordeiro considera também importante a contribuição das artes marciais na prevenção da violência.

"É importante que nossas crianças e jovens aprendam a se portar preventivamente ou, se forem obrigados, a reagir eficientemente em defesa da própria vida e da de terceiros", defende o parlamentar. Na avaliação do deputado, muitas vítimas de assalto acabam sofrendo lesões perigosas ou até mesmo morrendo não porque sejam fracas, mas porque não estavam preparadas psicologicamente para lidar com uma situação emergencial.

Revelação de atletas
Para Ilderlei Cordeiro, o estudo de Artes Marciais e Defesa Pessoal pode ainda revelar novos talentos para o esporte brasileiro. "Pode-se esperar o aparecimento de atletas de alto rendimento, em nível olímpico, resgatando de grupos sociais de baixa renda um grande número de jovens que não podem arcar com os custos de uma boa formação atlética".

Segundo o parlamentar, outro benefício que sua proposta pode trazer é a geração de emprego para um número altamente significativo de profissionais da área.

Tramitação
A proposta foi distribuída para as comissões de Educação e Cultura; e Constituição e Justiça e de Cidadania. O PL está sujeito à apreciação conclusiva pelas comissões.

Notícias anteriores:
Projeto prevê inclusão de informática no currículo escolar
Educação para o trânsito poderá ser obrigatória em escolas
Currículo escolar básico poderá incluir ensino de música

Reportagem - Cid Queiroz
Edição - Maristela Sant´Ana


(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)
Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

Íntegra da proposta:


A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'



  • Câmara Notícias
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Mapa do Portal