Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

02/10/2017 - 18h51

Outubro Rosa tem programação especial na Câmara

Movimento alerta a população para a importância da prevenção do câncer de mama, o mais comum em mulheres

O Congresso Nacional se ilumina novamente de rosa, como parte de um movimento mundial de conscientização sobre a importância de detecção precoce de câncer de mama, o Outubro Rosa. A iluminação marca o início do mês que traz vários eventos alusivos ao combate da doença. 

A campanha Outubro Rosa é uma iniciativa da Secretaria da Mulher e do Departamento Médico (Demed) da Câmara dos Deputados, além de contar com a participação do Senado.

Câncer de mama

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% do número total de casos de tumores. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença. O Inca ainda informa que, quando descoberto no início, há 95% de probabilidade de recuperação total.

Programação

Nesta terça-feira (3), a solenidade de abertura conta com a apresentação, pela Escola de Balé Etude Seasons, de uma adaptação do 3º ato do balé A Bela Adormecida, de Tchaikovsky, com direção de Maria Poggi, mentora da Royal Academy of Dance, no Salão Negro, às 19h30.

Na quarta-feira (4), um seminário debate a implementação da Lei 12.732/2012 – conhecida como Lei dos Sessenta Dias –, que determina um prazo de até 60 dias a partir do diagnóstico para que pacientes com câncer iniciem o tratamento. A Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer e a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara são as organizadoras do evento, que acontece às 14h no Plenário 3 do Anexo 2 da Câmara.

Já na quinta-feira (5), a sessão solene pelo Outubro Rosa no Plenário Ulysses Guimarães ocorre às 10h. Ainda no mesmo dia, um talk show do Instituto Oncovida discorre sobre a prevenção do câncer de mama, às 15h, no auditório do Interlegis.

Até o final do mês, estão previstas diversas atividades voltadas para a campanha, como oficinas de saúde, ações do Departamento Médico e audiências públicas.