Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Em entrevista à Rádio Câmara, à noite, o secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol disse ver com estranheza as queixas de parlamentares

Participantes entenderam que pacto que incluía campanhas de prevenção, qualificação de profissionais, recebimento de denúncias e fiscalização pela CBF foi deixado de lado pela confederação, que não mandou representante para o debate
Notícias anteriores: