Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

10/10/2018 17h15

Erundina relata preconceito de eleitores por ser idosa, e deputada mais jovem vai seguir linha política do pai

Rodrigo Phanardzis Ancora da Luz | 11/10/2018 13h40
Sem dúvida a deputada tem um histórico de lutas que deixará um legado para as gerações futuras. Sua presença na casa legislativa tem sido fundamental para a sociedade e também quanto aos seus pares. Realmente o preconceito existe em relação à idade do candidato, porém, mesmo diante da necessidade de darmos oportunidade aos mais jovens, é fundamental que se observe a luta dos mais velhos. Neste pleito, três dos meus candidatos (pra Assembleia do Rio e para o Senado foram idosos). E o meu federal, que não se reelegeu, tem cerca de 50 anos, apesar de ter tido o dobro dos votos do menos votado.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.