Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

09/02/2018 16h30

Relatório sobre teto remuneratório no serviço público deve ser entregue em março

talhes | 19/02/2018 22h24
TENDO EM VISTA A GRANDE VIOLÊNCIA QUE VEM ASSOLANDO TODO O RIO DE JANEIRO E NITERÓI, HÁ DE TREINAR E ARMAR AS GUARDAS MUNICIPAIS E POR PARA O COMBATE URBANO, TUDO ISSO AI É BALELA. NOSSA PROTEÇÃO É QUE VALE MAIS NO DIA A DIA, QUERO MINHA SEGURANÇA, ENTÃO ARMEM AS GUARDAS MUNICIPAIS PARA TRABALHAR EM CONJUNTO COM AS OUTRAS FORÇAS DE SEGURANÇA, RESTO É PALHAÇADA DESSES POLÍTICOS.
wagner | 19/02/2018 21h31
Somente uma PEC pode anular este abuso hermenêutico do judiciário
Clébene Cleto | 18/02/2018 12h14
Reduzir Férias no judiciário/MP/Membros de tribunais de contas, somente com lei de iniciativa deles. Discurso é mais simbólico e tem pouco efeito prático. Ademais, longe estão os 60 dias de férias de serem os algozes das contas públicas, impacto seria medíocre nas contas públicas. Em relação à regulamentação de trecho constitucional de eficácia plena soa como muita presunção da União de tomar para si, competência que não lhe fora outorgada. Colocar parcelas indenizatórias no teto também é uma forçação de barra. Não se altera a natureza de um instituto, chamando-o de outro nome.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.