Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

02/01/2018 19h43

Líderes da base governista vão priorizar reforma da Previdência em 2018; oposição é contra

André de Jesus Sarmanho dos Santos Freire | 05/02/2018 14h52
Só Mentira!O povo não suporta a corrupção.Tá na hora das entidades sérias desse Brasil ingressarem na Justiça para barrar essa reforma pelo fato dela ser inconstitucional.Como pode esse Projeto ter passado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.Parece que não têm conhecimento jurídico suficiente para analisar o texto,pois está evidente e escancarado que tudo não passa de mentiras.Vamos todos lutar contra esse engodo para que não seja aprovado.Chega de imcompetências e desvios de recursos neste País.Os velhos,hoje,são maioria,vão morrer e os jovens não se aposentarão.
rui s pereira | 29/01/2018 14h06
O sr. presidente da cámara dos deputados quer a todo custo colocar em votação a reforma da previdência sem discutir de forma ampla com a população, alega que é importante ao país pois caso não seja aprovada não havera recursos suficientes para pagar os aposentados. Este mesmo deputado ( rodrigo maia) assinou uma MP no dia 26/01/2018 que foi publicada no diário oficial da união efetuando uma doação a palestina que quase R$ 800.000,00. se o Brasil esta sem recursos porque foi feita esta doação? ,mais uma sacanagem da classe política.
Montgomery Barroso França | 26/01/2018 11h40
Senhores deputados, onde está o texto da proposta a ser votada em fevereiro/2018? Eu baixei a proposta original e o substitutivo de abril/2017, mas de lá para cá não vi novo texto, apenas propaganda da reforma e notícias de que ela seria abrandada. Como a população pode se posicionar em relação a uma reforma que não conhece?
Seiselles Logística | 25/01/2018 15h03
Gostaria de informar à classe política que apóia o governo na reforma da previdência que caso votem a reforma neste ano eleitoral todo o povo que ganha de 1 a 5 salários mínimos, os maiores prejudicados, votarão em peso na oposição. Vocês verão suas bancadas diminuirem e a bancada da oposição aumentar. Estarão dando munição para o LULA e sua tropa e perderão no Legislativo e no Executivo. Pensem bem antes de tomar esta atitude. Quem avisa amigo é.....PRA FRENTE BRASIL.....
Danilo Sacramento | 24/01/2018 18h17
O INSS está entrando em colapso em todo o Brasil e para o nosso estado estamos precisando de uma ajuda político-administrativa. Há um abaixo assinado de parlamentares para agirem ao lado dos ministros e do Presidente da República para salvarem a Maior Autarquia Federal Social do Brasil, o INSS. SOMENTE há a necessidade de duas assinaturas, a do ministro do planejamento, orçamento e gestão, é também a do Presidente da República Michel Temer, para nomeação dos editais 7,13 e 19. Será um feito histórico no Brasil. Tudo isso com base no quadro vi na nota técnica 05 de novembro de 2017 do INSS.
Luciene Cruz | 23/01/2018 08h20
O governo quer aprovar a Reforma da Previdencia a qualquer custo, sem discutir com a população, sem informar de verdade o que será alterado e como os trabalhadores serão afetados negativamente com isso. O governo esta gastando bilhões em propagandas, pagando emendas parlamentares destinadas a deputados e senadores a seu reduto eleitoral, perdoando dívidas; a população o governo tenta manipular e convencer através dessas propagandas enganosas na tv e radio. O que já se gastou com isso, com certeza daria para pagar parte dos salários atrasados de servidores públicos ou investimentos sociais.
Cícero | 21/01/2018 22h20
Caro Sr. Marco, não chore é não reclame, apenas refute aqueles 25 argumentos.
JOSÉ CARLOS TEODORO | 21/01/2018 15h49
SENHORES DEPUTADOS GOSTARIA DE FAZER UMA PERGUNTA PARA OS NOSSOS REPRESENTANTES SERÁ QUE A MAIORIA DO POVO BRASILEIRO É A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA OU É SOMENTE O GOVERNO E SEUS ALIADOS ,ESTAREMOS ACOMPANHANDO TODO O PROCESSO AFINAL DE CONTAS TEREMOS ELEIÇÃO 2018 E VAMOS ESTÁ FOCANDO EM CADA DEPUTADO E DEUS MUITO MAIS .
keila faria | 18/01/2018 17h47
Bom Senhores Deputados,que tem seu salário merecido, mas nos POVO não aceitaremos essa reforma da previdência, pois se põem no lugar de quem mora no campos depende da Natureza para conseguir seu plantios e colheitas,nem sabe do dia do amanhã que poderá ter prejuízos que sempre tem, Daqueles que recebem 1 salário minimo e ainda trabalham 9 horas por dias,e aquele que conseguem fazer horas extras para conseguir comprar algo tão sonhado.Se os Senhores votarem a favor, podem preparar, que terá sim uma Revoluçao contra essa Casa do Congresso
Marco | 18/01/2018 16h57
Essa reforma, se necessária, deverá ser discutido no próximo governo! Muitas coisas precisam ser esclarecidas! A conta por eventual rombo na previdência não pode e não deve ser jogada nas costas dos servidores públicos e muito menos deve recair sobre os ombros dos trabalhadores pobres deste País! Espero que os atuais deputados enterrem essa maldita PEC 287/16 para que outra seja elabora a partir de 2019, se for o caso! Chega de favorecimento aos poderosos do Brasil! P.S. Cícero, para de defender o que é indefensável! Esse texto elaborado pelo governo, que você defende, não engana ninguém.
<< < 1 2 3 4 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.