Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

06/12/2017 13h27

CCJ aprova PEC com eleições diretas em caso de vacância da Presidência

Pedro | 07/12/2017 16h30
Não é mentira o que está acontecendo em nosso município de Niterói. Agora pela manhã, o diretor geral do horto do Barreto foi assassinado por criminosos quando ele chegava para trabalhar. Foram mais de cinco tiros nele. Agora mostrado no jornal o Fluminense. Gente. Ali dentro há guardas municipais , só não portam armas de fogo, agora queremos saber como moradores de Niterói, o que o senhor prefeito Rodrigo neves fará ? Cumulo. Mais um pai de família morto por criminosos fortemente armados e enquanto isso os prefeitos brincando com as guardas municipais que podiam fazer nossa segurança.
Pedro | 07/12/2017 15h49
É muita covardia por os guardas municipais desarmados nas ruas de nossa cidade , enquanto bandidos estão portando fuzis e guardas tonfas. O Brasil não tem mais jeito para nada, só covardia contra os agentes da guarda municipal. Em Niterói , guardas fazem prisão em flagrante delito como consta nos jornais de grande circulação e no Rio também , vergonha e covardia. Sou sociólogo e vejo atualmente que é necessário muito armar e dar um teto constitucional a esses agentes públicos. Vamos nos mobilizar para que isso aconteça , eles guardas merecem como as policiais dos estados membros, e sociedade.
Pedro | 07/12/2017 15h43
O Brasil quer e mais segurança senhores parlamentares . Aprovem a PEC 275/2016 das guardas municipais. E façam que os municípios cumpram a lei 13.022 , estatuto das guardas municipais. Os guardas municipais vem correndo grandes riscos e na lista, já são três guardas assassinados, na vacância aprovaram rápido do presidente, aprovem a propostas que estão aí e no senado federal, a população está largada nas mãos de criminosos e os senhores não estão nem aí para a segurança nos municipios. Respeitosamente: Pedro. Em luta pela polícia municipal , sou apenas cidadão , não guarda .nem quero.
André de Jesus Sarmanho dos Santos Freire | 06/12/2017 14h27
Proposta muito boa,porém,tem que ser colocado nesta PEC,de forma bem clara e ininterpretável de forma conveniente e corporativa por juízes e órgãos colegiados(turmas) de Tribunais,que quem já foi Presidente da República jamais poderá retornar para exercer mais um mandato,pois só assim,dessa forma séria e benéfica para o País é que se poderá evitar o exercício da Presidência da República por ditadores corruptos e que podem exercer a Presidência de forma abusiva e tirana,como no caso do Presidente Nicolás Maduro e no caso desses Ex-presidentes do Brasil simpatizantes do Socialismo e Comunismo.
<< < 1 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.