Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

23/11/2017 00h24

Relator apresenta nova versão da reforma da Previdência para facilitar aprovação

SANDRO COLACO VAZ | 10/01/2018 18h11
Sugestao para Reforma Para quem faltar ate 5 anos para aposentar, pedagio de 50% a mais no tempo de contribuicao. Para quem faltar mais de 5 anos para aposentar, pedagio de 30% a mais no tempo de contribuicao ou regra nova 65anos idade minima.... Para novos ingressantes no mercado de trabalho nova regra 65 anos idade minima.... Neste modelo os atuais trabalhadores aceitarao melhor e nao impactara no mercado de trabalho, pois, se nao ocorrer aposentadorias nao abre a vaga, ou seja, equanto nao aposenta nao abre vaga nova e assim sucessivamente.
José Roberto Marchioni | 09/01/2018 18h15
Gostaria de saber como ficará o calculo do meu beneficio se a reforma for aprovada, tenho 61 anos e 34 anos e 7 meses de contribuição. Na regra atual sei como fazer o calculo, mas e na nova? Obrigado
Olá José, entre em contato conosco pelo 0800 619 619 ou por meio do nosso Fale Conosco, para que possamos respondê-lo adequadamente. Acesse:https://camara.custhelp.com/app/utils/login_form/redirect/home
Resposta enviada pela Câmara dos Deputados
MARCOS MOACIR DE SOUZA | 05/01/2018 08h36
Tenho 50 anos de idade e já contribuí 34 anos na iniciativa privada. Quando terei direito a me aposentar com 100% ? Grato.
Cesira | 19/12/2017 19h19
Como ficará a paridade e a integralidade para os servidores públicos que entraram no serviço público antes de 2003? Não é justo com o servidor que já cumpre a regra de 30/55 e 35/60 para se aposentar, inclusive com um percentual de contribuição maior. O regime geral já deveria estar cumprindo a regra de idade e tempo de contribuição igual ao dos servidores públicos.
Giovanna Ho | 19/12/2017 17h29
Por que a propaganda oficial da reforma diz que o tempo de transição é de 20 anos se na PEC a transição da mulher termina antes? Se a idade mínima começar com 53 anos vai dar 18 anos de transição para a mulher. A idade mínima teria que começar com 52 anos. Tudo muito confuso... Muita pegadinha nas entrelinhas.
Karla Maria Magalhães Nascimento | 08/12/2017 18h28
O texto da PEC não deixa claro o direito à paridade e à integralidade dos benefícios de aposentadoria para quem entrou no serviço público antes de 2003. Muito cuidado!! Estamos de olho!! Assim como a maioria dos brasileiros, eu não confio nos parlamentares.
José Francisco Hauschild | 30/11/2017 16h26
Sou servidor público e tenho 37 anos de contribuição, sendo 28 no serviço público. Pela regra atual, poderei me aposentar daqui a três anos (emenda 47), quando completar 40 anos de contribuição. Caso a reforma seja aprovada terei que trabalhar mais 13 anos e me aposentar quando completar 50 anos de contribuição. Isso é justo? Para o servidor já mudou em 2003 e justamente os mais antigos já estão no pedágio que foi instituído, sobre essas regras e o teto que foi instituído ninguém fala, só citam altos salários e supostas vantagens que na verdade não existem.
luiz carlos malinowski | 30/11/2017 15h42
Como eu devem haver muitos: Sr. Relator, 1)sou funcionário público há 23 anos e 10 meses; 2)a EC/47 exige que eu tenha 25 anos de serviço público; 3)hoje tenho 58 anos de idade e já somo 42 anos de contribuição e dois regimes; 4)embora não sirva para nada 58 + 42= 100; 5)com a minha idade não faz sentido iniciar um plano de previdência privada; 6)todas as reformas anteriores respeitaram a expectativa de direito(1 ano para a aposentadoria; O novo texto condiciona a paridade somente aos 65 anos de idade, quando terrei 49 anos de contribuição. PODE!
pedro ernesto guimaraes ferreira | 29/11/2017 17h51
querer alter as regras de quem tem 57 anos de idade e 36 de contribuição e faze-lo trabalhar ate os 65 anos é de uma maldade sem limites, falta 01 ano e meio para minha sonhada aposentadoria, cade uma regra de transição para isso e para servidores que dedicaram toda sua vida profissional em prol da sociedade? porque agora somos bodes expiatórios? . cortem os verdadeiros privilégios como aposentadoria de filhas de militares que a recebem pelo resto da vida se não se casarem... pq niguém combate isso? pq militares ficaram fora? e Deputados e Senadores que se aposentavam com 08 anos de mandato?
A propaganda da tv só apresenta clichês. | 29/11/2017 09h25
O povo que apenas transparência e que responda: 1º) O CÁLCULO DO DEFICIT CORRETO É DA ANFIP OU GOVERNO? 2º) EXISTE PROBLEMA DE GESTÃO E, CASO SIM. COMO RESOLVER?
<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.