Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

23/11/2017 00h24

Relator apresenta nova versão da reforma da Previdência para facilitar aprovação

Eliana Ribeiro de Oliveira | 18/04/2018 14h19
TEM QUE COMEÇAR A REFORMA DA PREVIDÊNCIA DE CIMA PARA BAIXO. E FECHAR AS APOSENTADORIAS E PENSÕES DE PESSOAS QUE NÃO CONTRIBUÍRAM DENTRO DOS CRITÉRIOS DA LEI, OU SEJA: SÓ SE APOSENTA OU RECEBE PENSÃO, ÀQUELES DE CONTRIBUÍRAM DURANTE OS ANOS TOTAL DAS CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS. NÃO ADMITIR QUE ULTRAPASSE O TETO DO VALOR DO SALÁRIO DO PRESIDENTE. NÃO PERMITINDO QUE OS BENEFÍCIOS PENDURADOS ULTRAPASSE ESSE TETO. EX: QUANTO É A APOSENTADORIA DO ECONOMISTA HENRIQUE MEIRELES?
Marcus Vinicius Da Silva | 05/03/2018 11h24
Acredito que a reforma da previdência deveria cortar privilégios de quem tem um patrimônio muito alto que não precise de uma aposentadoria para sobreviver igual as pessoas de classes baixa e também deveria cortar aposentadorias de quem infringiu as leis penalizando viver sem aposentadoria.
Adriano | 02/03/2018 19h36
Essa reforma deveria começar por vcs retirando a aposentadoria dos que foram julgado e condenado estamos pagando pra ladrões q ficaram no poder e hj ainda usufrui de uma mordomia.....será que no Brasil o crime compensa ?Quem deve pra previdência não é o povo ....tem q cobrar de quem deve ou vão dar isenção depois que escravisarem o povo ...veja q faraó escravisou o povo no Egito e pagou caro por isso ... tenham dó de nós....q DEUS tenha misericórdia de vcs....
Renato Lopes | 15/02/2018 12h43
Alguem consegue informar como o governo esta tratando da lista dos 100 maiores devedores da Previdencia ? O montante daria para colocar as contas da previdencia em equilibrio e a reforma ser menos penosa para a populacao.
vandoilson benedito carvalho | 05/02/2018 18h54
o triste e que estao pregando que vao combater privilegio.acredito que eles nao saiba, o que significa privilegio.pois o cidadao de bem para construir hum bom salario. primeiro ele tem que se dedicar aos estudos cursinho e mas cursinho e isso tem gastos. ai o cidadao apos varias tentativa passa em hum concurso, para ele chagar ao nivel maximo do salario, o mesmo tem que estudar mas hum pouco pois nessecita de especializa;ao e pos gradua;ao isso gera gasto.diferente dos politico que com dois mandatos estao aposentado come bebe dorme viaja plano de saude por conta dos contribuinte.tem foro priv
ana lucia torres janela | 05/02/2018 08h26
Depois da lei de terceirização e trabalhista, a informalidade já esta tomando conta do país, só não vê quem não quer ou quem so anda de carrão e jatinho. O bancos privados e suas previdências privadas de "- R$500,00 todo mês..." já estão rindo à toa ! O povo vai morrer trabalhando ou desempregado e sem um SUS fortalecido. NÃO À PEC 287. ABSURDO !
Diogo Fabio Cunha | 03/02/2018 17h33
Não vejo nada em relação a aposentadoria dos deputados, senadores, juizes, e o altos cargos no governo, essas aposentadorias consomem a maior parte dos recursos da previdencia. Essa proposta nao vai passar, vamos mexer nesse estado inchado onde o legislativo, judiciario, e executivo desperdicam dinheiro de forma desnecessaria !
Marcelo Izidoro da Silva | 01/02/2018 09h16
Os nobres senhores Deputados deveriam votar um projeto de Lei Complementar sobre o Imposto de Grandes Fortunas, que está expresso no artigo 153, inciso VII da Constituição Federal de 1988 e vem sendo "esquecida" ao longo desses anos.Com isso, se cobraria mais, de quem tem mais condições, tornando-se a tributação mais justa.Quanto à Reforma da Previdência, façam uma pesquisa com a população brasileira para ver o que pensam da dita Reforma proposta, aí então saberão do povo se estes estão a favor ou não.Infelizmente a ânsia da arrecadação de tributos do governo é infinitamente grande.
Marcia Simas | 31/01/2018 23h45
muito triste este absurdo que querem fazer com o povo trabalhador deste pais. Percebo que esta proposta e para terminar de vez com a esperança de ter uma velhice com a segurança mínima de comer e comprar remédios. Sobre a injustiça desta proposta dou o meu exemplo trabalho desde os 12 anos e com a carteira assinada desde os 15 anos, tenho 43 anos e 28 de contribuição e lendo esta regra de transição estou entendendo que vou me aposentar somente com 62 anos e com 47 de contribuição, pois conseguirei pagar o pedágio da contribuição porem jamais alcançarei a tabela da idade. NÃO A REFORMA
Ernando Amancio de Oliveira | 30/01/2018 21h25
Dizer em aposentadoria precoce, para quem se aposenta com 35 anos de TRABALHO não é o mesmo que dizer que políticos e servidores públicos não deveriam ter aposentadorias especiais? Além do mais porque não mexem com salários altíssimos destes servidores públicos assim como seus benefícios (Mordomias) e veja o quanto podemos economizar. É fácil legislar contra aqueles que pagam todas essas mordomias, queria ver legislar contra os "nossos próprios representantes" para acabar com todas essas mordomias. Aliás se colocassem o teto salarial de um político igual ao do professor ele se canditaria?
<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.