Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

31/03/2015 13h34

CCJ aprova tramitação de PEC da maioridade penal

Alexandre | 15/08/2015 11h31
na minha opiniao tem q reduzir mas se reduzir a maioridade tem q ser permitido tirar a CNH com 16 anos se pode votar ser preso porq nao tirar a carteira?
Sandro Melo | 15/08/2015 10h41
A função da punição, seja ela pena ou medida de segurança, não só tem como dever socializar, e sim, também retribuir o mal na mesma proporcionalidade em que foi praticado a conduta criminosa. Portanto, seria bom as pessoas lerem " Dos delitos e das Penas" de Cesare Beccaria, justamente para entender que 3 aninhos apenas cumprindo internamento é muito pouco pra retribuir um crime bárbaro praticado pelo menor. No meu vê, deveria diminuir para 12 anos, mas nesse país de corrupto em que não se investe em educação e políticas públicas, fica impossível tal possibilidade.
jessica | 01/07/2015 21h25
se com 16 anos pode trabalhar, casar, votar, dentre varias outras coisas, por que não pode ser preso? por que ainda não tem consciência do que faz? seria isso? hahahaha me poupe se nao quer ser preso não roube, nao mate e não faça por onde porra! ai você não vai pra cadeia! e o sistema tambem é culpado não vai pular fora não. cuida do povo, afinal o jovem com 16 anos votou em vocês senhores politicos para lhe dar condições dignas para viver e não precisar buscar alternativas no crime!!!
ironman | 01/07/2015 11h57
se ouve o crime tem que ser punido, e a punição de um criminoso e sim a CADEIA, e a CADEIA neste país tem que ser ainda pior, pois CADEIA não e pra ser HOTEL e nem COLÉGIO pra ensinar, se estar preso e pra pagar o crime que cometeu, todos temos conhecimento se pecarmos vamos pro INFERNO, imaginamos que La não e um HOTEL 5 estrela, e pra ser assim a CADEIA. " SE NÃO QUISER IR PRA CADEIA SUJA, IMUNDA COMO MARGINAIS E SIMPLES, E SÓ NÃO COMETER CRIME". na realidade CRIMINOSOS SÃO TAMBÉM AQUELES QUE SAI EM DEFESA DE CRIMINOSOS. exceto advogado!
moises da silva | 10/06/2015 20h15
a lei tem q ser bem trabalhada e bem organizade , para q a populaçao (que sofre com atitudes desses jovens , que pela falta de oportunidades , vao buscar no mundo do crime o sustento para alimento ou para o sustento de seu vicio ) e os joven , q como ja falei por falta de investimento vao para o mundo do crime .
silva | 10/06/2015 20h13
Ainda eh muito pouco mudar uma Lei que deveria ser muito mais pesado para esses "menores" que tem 1.90 de altura, pesam 90 klgs e pe 43. Sao verdadeiros marginais, vagabundos que barbarizam a sociedade e a Justica, matando, roubando.Esses vagabundos e ate " filhos de papai" que deveriam estudar, fazer alguma coisa de util querem ganhar dinheiro facil.Tinha que ter era Pena de morte nesse Pais para certo crimes. Isso sim. Deputados.Finalmente vcs resolvera atender o clamor da sociedade que nao aguenta mais essas Leis que vcs mesmo votaram beneficiando esses vagabundos...!!!
Juliana | 30/05/2015 12h43
Apoio PEC da maioridade penal, os adolescentes cometem crimes cruéis , então devem ser penalizados duramente . Apoio a redução .
Fernanda | 29/05/2015 16h54
É um absurdo! Esses jovens são responsabilizados penalmente. As medidas socioeducativas de internação (como antigas Febems), entre outras são provas disso. O que não podemos é colocar adolescente em cadeias como adultos. De que isso vai adiantar? Ninguém no Brasil pode ficar preso por mais de 30 anos. E raramente chegam aso 30. Depois esses jovens saem mais revoltados ainda com a sociedade e cometerão crimes piores. Realmente alguém acha que isso é uma solução??? Há chances de os "cidadãos de bem" serem "vítimas" dessas crianças que sairem qualificados no crime das prisões.
Wagner Pascoal | 28/05/2015 17h37
Acredito que não deva ter idade para penalizar um crime. A lei tem que ser uma só, independente da idade.
Amim Abreu Bucar | 28/04/2015 13h16
KKKKKKKK!!!!
<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >>

Comentar

Ainda restam caracteres.

Declaro que estou ciente e aceito integralmente o termo de uso.

Para solicitações – correção, pedido de material ou esclarecimento de dúvidas – entre em contato pelo Fale Conosco.