Foto: Sul21

Familiares de vítimas do incêndio

Boate Kiss seis anos depois; o caso na justiça e campanha de conscientização

Há seis anos familiares das vítimas do incêndio da boate Kiss em Santa Maria (RS), onde morreram 242 pessoas e 630 ficaram feridas, esperam a punição dos responsáveis pela Justiça. Recursos atrasam o processo em diversos níveis do judiciário. Agora, as famílias das vítimas aguardam uma audiência com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para uma possível federalização do caso. Enquanto isso, pais fazem da saudade força para conscientizar jovens sobre segurança na balada.

Notícias

Contato

Comissão de Direitos Humanos e Minorias

Câmara dos Deputados, Anexo II, Pavimento Superior, Ala A, Sala 185 - Brasília/DF - CEP 70.160-900

Telefone: (61) 3216-6570 - Fax: (61) 3216-6580

registrado em: