Você está aqui: Página Inicial >
Pesquisar notícias
17/10/2007 18:59

Deputado aponta conflito com outras carreiras policiais

Único a votar contra o texto de Faria de Sá, o deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ) apresentou voto em separado que, segundo ele, corrigiria alguns problemas do substitutivo. "O meu texto é mais correto e mais adequado. Do jeito que está, a PEC terá dificuldade para ser aprovada em plenário", prevê.

Para Itagiba, as atribuições da nova polícia conflitam com as das polícias que hoje já existem. "O que eu quero é evitar conflitos", disse. Ele também avalia que alguns pontos da proposta aprovada, como a previsão de que os policiais penais terão carga horária de seis horas diárias e 36 horas semanais, deveriam ser disciplinados em lei, e não na Constituição.

Já o deputado Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB) saudou a aprovação do PEC. "A parte mais fraca [na crise do sistema penitenciário] é o agente penitenciário", apontou. "Ninguém sabe o que está por trás desse ambiente extremamente corrupto que são os presídios."

Reportagem - Edvaldo Fernandes
Edição - Francisco Brandão


(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura `Agência Câmara`)

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br
SR

Mapa do Portal