Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Acervo

Ao longo do tempo, o Museu da Câmara dos Deputados vem compondo seu acervo com peças de diferentes procedências, de maneira a melhor retratar a história da instituição que o abriga. O acervo conta com mobiliário e objetos decorativos provenientes do Palácio Tiradentes, sede anterior da Câmara, no Rio de Janeiro, e da sede atual inaugurada em 1960, capazes de reconstituir ambientes de época com riqueza de detalhes. Há também variada coleção de presentes protocolares ofertados por chefes de Estado e representantes diplomáticos em visita à Casa, assim como obras de arte recebidas em doação pelos artistas plásticos que expõem em suas dependências. Além das peças em exposição e daquelas acondicionadas em Reserva Técnica, o Museu da Câmara é responsável pela gestão dos bens integrados à arquitetura, os quais são encontrados em grande quantidade no Palácio do Congresso – uma marca dos projetos de Oscar Niemeyer em Brasília.


O acervo foi classificado nas seguintes categorias, conforme a tipologia:

- Obras de arte

- Bens integrados

- Condecorações e moedas

- Máquinas e equipamentos

- Material de escritório

- Mobiliário

- Objetos de decoração

- Utensílios domésticos

 

Alguns bens foram reunidos em agrupamentos temáticos de modo a evidenciar a relação que possuem entre si, formando as seguintes Coleções:

- Presentes protocolares

- Palácio Tiradentes