Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Balaiada, a luta sem fim – 180 anos da Revolta

30/05/2018 10h55

A Câmara dos Deputados recebe, de 30 de maio a 18 de julho, a exposição Balaiada, a luta sem fim – 180 anos da Revolta. A mostra poderá ser visitada de segunda a sexta, das 9h às 17h, no corredor de acesso ao Plenário. A entrada é franca.

A exposição traz a história da Balaiada, uma revolta popular ocorrida no Maranhão e Piauí, entre 1838 e 1841, contra os grandes proprietários rurais da região. Descontentes com a miséria, a escravidão, a fome e os maus-tratos, pessoas de diferentes extratos sociais — trabalhadores livres, camponeses, vaqueiros, sertanejos, escravos e quilombolas — foram à luta contra injustiças sociais.

Balaiada, a luta sem fim – 180 anos da Revolta faz parte do projeto Histórias não Contadas, da Câmara dos Deputados, que pretende resgatar a memória de fatos que foram desprezados ou omitidos pela história oficial.

Para lembrar a data, também haverá sessão solene no dia 7 de junho, às 9h05, no Plenário Ulysses Guimarães.

Confira aqui o catálogo digital da mostra histórica.

 

Balaiada, a luta sem fim – 180 anos da Revolta

Local: Corredor de acesso ao Plenário

Visitação: de 30 de maio a 18 de julho, das 9h às 17h

Entrada franca

 

Sessão Solene em homenagem aos 180 anos da Balaiada

Dia: 7 de junho, às 9h05

Notícias