Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Página Inicial / Institucional / Estrutura organizacional / Mesa Diretora / Presidência / Notícias / Entidades civis pedem mais diálogo em votação da reforma da Previdência

Entidades civis pedem mais diálogo em votação da reforma da Previdência

Rodrigo Maia garantiu o amplo debate sobre o tema, mas defendeu proposta do governo
14/03/2017 18h35

J Batista

Entidades civis pedem mais diálogo em votação da reforma da Previdência

“O Brasil enfrenta um déficit crescente da Previdência, que vai gerar uma insolvência do sistema em poucos anos”, declarou Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, recebeu, nesta terça-feira (14), um documento elaborado por diversas entidades da sociedade civil, coordenadas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), questionando alguns pontos da reforma da Previdência em tramitação na Câmara.

De acordo com o texto, a proposta está fundamentada em premissas equivocadas e contém inúmeros abusos contra os direitos sociais. “A PEC 287/2016 tem sido apresentada pelo governo sob discurso de catástrofe financeira e ‘déficit’, que não existem, evidenciando-se grave descumprimento aos artigos 194 e 195 da Constituição Federal, que insere a Previdência no sistema de Seguridade Social, juntamente com as áreas da Saúde e Assistência Social, sistema que tem sido, ao longo dos anos, altamente superavitário em dezenas de bilhões de reais”, registra o documento.

Rodrigo Maia garantiu o espaço para debate, mas defendeu a necessidade de reforma argumentando que o sistema previdenciário é deficitário e sob risco de falência. “O Brasil enfrenta um déficit crescente da Previdência, que vai gerar uma insolvência do sistema em poucos anos”, declarou. Para ele, o texto do governo precisa ser aprovado e é capaz de garantir o pagamento dos futuros aposentados e o crescimento econômico do país.