Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

José Martiniano de Alencar

José Martiniano de ALENCAR, padre (CE) - (2/7/1831 a 4/5/1832)

O Deputado José Martiniano de Alencar, padre, nasceu a 27 de outubro de 1798 em Macejana, na Província do Ceará.

Foi Deputado pela Província do Ceará na legislatura de 1830 a 1833, tendo tomado posse no dia 25 de abril de 1830 na vaga do Deputado eleito José Inácio Gomes Parente, que pediu licença. Foi Deputado Constituinte na Assembléia Geral, Constituinte e Legislativa do Império do Brasil de 17 de abril a 12 de novembro de 1823 (posse no dia 3 de maio). Foi, também, Deputado pela Província do Ceará nas Cortes Gerais Constituintes da Nação Portuguesa convocadas em Lisboa de 1821 a 1822. Nomeado Senador, tomou posse em 2 de maio de 1832.

Pai do escritor e Deputado José Martiniano de Alencar, nascido a 1º de maio de 1829.

Tomou parte ativa na revolução de Pernambuco, de 1817. Sendo ainda seminarista, foi à sua província com o fim de propagar as idéias da mesma revolução e, com efeito, de batina e roquête chegou a pregar a 3 de maio desse ano na vila, hoje Cidade do Crato, depois da missa em favor da independencia, lendo as proclamações que trazia.

Atividades profissionais: Presbítero do Hábito de São Pedro; Presidente da província, 1840.

Publicou as seguintes obras: Oração Fúnebre, Ceará, 1827; Preciso dos sucessos que ocasionaram o grande acontecimento do faustoso dia 7 de abril, dirigido as cearenses pelos seus deputados, Rio de Janeiro, 1831; Carta dirigida aos eleitores da província do Ceará, Rio de Janeiro, 1830; Discursos pronunciados na sessão do Senado de ... agosto de 1859, Rio de Janeiro, 1859.

Faleceu no dia 15 de março de 1860.

  • Registros Complementares

CONSTITUINTTE (1821-1822)
Apresenta diploma e presta juramento em 10/05/1822.(Documentos para a História das Cortes Gerais da Nação Portuguesa,1820 a 1831.Lisboa,Imprensa Nacional,1883,p.727; Livro do Centenário da Câmara dos Deputados,1826-1926.Rio de Janeiro,Emp.Brazil Ed.,1926,v.I,p.23,27,40 e 65;GOMES DE CARAVALHO,Manuel Emilio,Os Deputados Brasileiros nas Cortes de 1821.Brasília,Senado Federal e Ed. Universidade de Brasília,1979 (Coleção Bernardo Pereira de Vasconcelos)p.185.

CONSTITUINTE (1823)
Aprovação de diploma em 18/01/1823.(Anais,1823,t.1,p.2,la.col).
Juramento em 01/05/1823 na Missa do Espírito Santo,na Capela Imperial.(Anais,1823,t.1,p.8,2ª.col.).
Assento em 03/05/1823 na Assembléia Geral Legislativa.(Anais,1823,t.1,p.8,2ª.col.)

2ª LEGISLATURA (1830-1833) - IMPÉRIO
Eleito por Minas Gerais e Ceará . Optou pelo Ceará.
Apresentação de diploma em 25.04.1830.
(Anais, 1830, t.1, p.13, 1ª col.).
Parecer aprovado em 26.04.1830.
(Anais, 1830, t.1, p.14, 2ª col.).
Juramento (Missa do Espírito Santo) em 01.05.1830.
(Anais, 1830, t.1, p.48, 2ª col.).
Nomeado Senador. Tomou posse em 02.05.1832.
Na vaga deixada em Minas Gerais, foi substituído pelo Deputado João Antônio Lemos, Barão do Rio Verde.
Teve como 1º Suplente Pelo Ceará, o Depútado Joaquim Inácio da Costa Miranda que tomou posse em 07.06.1832.
E na Sessão de 1833 teve como 2º Suplente pelo Ceará o Deputado Francisco Torres de Vasconcelos, que tomou posse em 27.04.1833.
(Anais, 1833, t.1, p.61, 1ª col.)

cd/cpsn/janeiro 2008.